Inicio
 Quem Somos
 Ano Novo 2016
 Ano Novo 2017
 EMF Balancing Technique®
 EMF - Malha e Profissionais
 EMF 12 Capas do DNA Estilo Fênix
 FASES V a VIII
 Fases IX a XII
 iPhoenix Coração Dourado
 Reflexos
 Som e a EMF
 As Ondas
 O Simbolo Perdido - EMF
 EMF para Crianças
 Crianças Indigo/Cristal
 Crianças - Ativid/Depoimentos
 Ativação da Pineal
 Biosintonia®
 Florais de S.Germain
 Astrologia
 Ativação do Nono Portal 11:11 - Solara
 Atualidades -
 Atualizações/Mensagens
 AVAAZ
 Avatar Sathya Sai Baba 23/11
 Braco
 Cartas de Cristo
 Celia Fenn - Textos
 Celia Fenn II - Textos
 Celia Fenn III - Textos
 Chico Xavier/Emmanuel e Divaldo
 Códigos de Cura
 Corpo
 Codex
 Cromoterapia
 Crop Circles
 Curso em Milagres
 Dalai Lama
 Decretos e Orações
 Deepak Chopra
 Dr Hamer
 Dr Hurtak
 Dr. Joshua David Stone
 Dr Lair Ribeiro
 Dr. Todd Ovokaitys
 Doreen Virtue
 Eckhart Tolle
 Frequencia Índigo
 Festival do Wesak
 Festival de Asala
 Florais de Bach
 Foto Kirlian
 Gregg Braden - Textos
 Grigori Grabovoi
 Grupo de Estudos
 Ho'ponopono
 Kuan Yin
 Kundalini Yoga
 Karen Bishop
 Ki-Reiki Yoga
 Kryon - Textos
 Louise Hay e Ressentimento
 Links para Mensagens
 Luminária de Cristal Himalaia
 Matias de Stefano
 Mãe Maria - Textos e Vídeos
 Meditação versus Cérebro
 Miguel - Regente das Milicias Celestes
 Metatron - Textos
 Médicos
 M R S 2000- VITALIFE
 Ouro Coloidal e Prata Coloidal
 Natal
 Osho
 Portal 11-11-11 Momento Cósmico
 Portal 12.12.12 Ascensão
 Previsões 2013 e...
 Radiação > danos a saúde
 Ronna Hermann
 Saint Germanin - Natalie 06.2013
 Sri Aurobindo e Aivanhov
 Tachyons
 Sri Prem Baba
 Telefone Celular riscos
 Tobias - Textos
 Vacinas - Pare!
 Variedades - Diversos
 Cursos/Workshops
 Galeria de Vídeos
 Galeria de Fotos
 Artigos
 Links
 Contato

O PROPÓSITO DA CATÁSTROFE
MENSAGEM CANALIZADA PELO ARCANJO GABRIEL

Canalizadora: Shelley Young

Nós gostaríamos de lhes dizer que vocês estão começando a ver as muitas mudanças a que muitos canais estiveram aludindo ao longo dos últimos meses. Nós compreendemos que quando vocês, em sua humanidade, observam os eventos do mundo – particularmente no Haiti, pode ser muito confuso. Nós falamos de um mundo que está se movendo através deste maravilhoso processo da ascensão e então vocês são atingidos em massa por tal sofrimento que pode ser muito difícil ver como tudo isto se encaixa. Nós desejamos lhes dizer que tudo é divinamente perfeito. Isto será difícil para alguns aceitarem, enquanto eles vêem os eventos do mundo se revelando. Nós faremos o melhor possível para explicá-lo a vocês de um modo que o coloque em divina ordem.
Vocês compreendem que quando há terremotos, ou quaisquer desastres naturais, no que diz respeito ao assunto, que a terra está meramente se ajustando. Ela está liberando o que ela não pode mais manter a fim de que na Terra evolua. Isto deveria lhes dar uma indicação com que nível de densidade que a sua querida Gaia esteve lutando por tanto tempo. É conveniente que esta energia tenha uma oportunidade para a liberação, pois isto alivia a carga e permite que a nossa bela terra avance com energias muito mais leves que correspondam a onde ela pretende ir.

Sempre nos entristece ver que aqueles que estão na expressão humana sentem angústia, desespero e dor. Entretanto, as almas que estão passando por esta experiência se ofereceram voluntariamente. Lembrem-se sempre disto. Aqueles que deixaram o planeta fizeram isto através da escolha. Eles compreenderam o potencial disto quando eles estavam planejando a sua expressão humana e concordaram amorosamente em fazerem parte disto. Estas almas não pretendiam se mover através das energias mais elevadas da ascensão na Terra. Isto era algo que eles não desejavam experienciar por qualquer razão neste momento. O que eles desejavam experienciar era deixar o planeta sob estas circunstâncias espetaculares a fim de auxiliarem o planeta. Entendam, quando há uma grande catástrofe, uma grande perda de vidas, isto sempre resulta da efusão de amor e de compaixão do mundo. Isto, por sua vez, cria uma energia ainda mais elevada para que a nossa amada Terra aproveite e use para se mover para uma expressão ainda mais elevada de si mesma.
Sempre que há uma grande perda de vida, quando as coisas parecem tão desesperadoras e horríveis, isto sempre leva aqueles que estão observando a um espaço onde eles começam a fazer as perguntas mais importantes. Por que eu estou aqui? O que é a morte? Aonde vão as pessoas quando elas morrem? O que tudo isto significa? Todas estas são questões fundamentais que uma alma que tem uma experiência humana deve fazer a fim de explorar a espiritualidade e começar a se esclarecer.

Quando há um evento tão grande como o terremoto no Haiti, as pessoas conseguem experenciar o mundo operando como um. Muitas nações se unem sob as maravilhosas energias de ajudar aos seus companheiros. A ênfase se torna mais focada em nossas similaridades e não em nossas diferenças. Isto apóia a consciência da unidade.
Isto também permite que homens e mulheres comuns avancem em suas expressões mais elevadas de si mesmos em atos de heroísmo. Eles compreendem verdadeiramente que estamos juntos nisto. Como um efeito posterior, muitas almas estão se perguntando: “Por que eu ainda estou aqui?” Vocês ouvirão freqüentemente: “Eu sobrevivi. Deus deve ter um plano maior para mim!” As pessoas tendem a se separar e a se unirem novamente de um modo inteiramente novo após tais eventos.
Isto também lembra àqueles da condição humana de como a vida é fugaz. Que a vida tem verdadeiramente um breve período de expressão. Isto destaca a preciosidade do agora. Ao recordarem isto, as pessoas freqüentemente se lembrarão das muitas bênçãos em suas vidas que elas podem ter perdido de vista. Isto também incentivará as pessoas a observarem o que não está funcionando em suas vidas e a fazerem mudanças que se ajustariam melhor ao que elas mesmas gostariam de experienciar.

Se vocês pudessem ver a partir desta perspectiva mais elevada todos os maravilhosos potenciais para o crescimento e a consciência que vêm de tais eventos, seria muito difícil observá-lo como um ato de um Deus vingativo. Nós os encorajamos a aceitarem esta perspectiva mais elevada para verem a grandeza das almas que partiram, das almas que permaneceram e daquelas que se uniram no amor, na compaixão e na unidade, como uma expressão maravilhosa do que a humanidade é capaz. Há realmente um propósito mais elevado para tudo isto.

Arcanjo Gabriel através de Shelley Young

Shelley Young possui um centro espiritual em Sudbury, Ontário, onde ela trabalha como médium/canalizadora, curadora, professora e conselheira espiritual. Ela se dedica a elevar a consciência espiritual e a capacitar outros.
Repassando: Lucia Beatriz Schneider
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
____________________________________________________________________________

MEDITAÇÃO NO ECLIPSE SOLAR DA LUA NOVA 
Uma mensagem de Tyberonn

Publicado em 13 de janeiro de 2010

O Eclipse Solar da Lua Nova do dia 15 de janeiro de 2010 é o momento certo para fazer suas “Resoluções de Ano Novo”.

MEDITAÇÃO PARA LIBERAÇÃO E MANIFESTAÇÃO

Cerimônia para o Eclipse Solar da Lua Nova de 15 de janeiro de 2010

Encontre um lugar tranquilo para a cerimônia.

Se tiver cristais, coloque-os à sua volta, formando um círculo etérico.

Mantenha um cristal na mão ou ao alcance dela – de preferência um Cristal Vogel Phi ou um Crânio de Cristal.

Comece a fazer a respiração do infinito (formando um oito), inspirando em 8 tempos pelo nariz e expirando em 8 tempos pela boca – durante 8 minutos.

Visualize todo o seu campo energético sendo envolvido pela Luz Violeta alimentada pelo Raio Violeta.

Forme uma Estrela Tetraédrica ao seu redor.

Visualize, uma por uma, todas as coisas que não lhe servem mais.

Gire a estrela tetraédrica no sentido horário, enquanto libera cada uma dessas coisas – uma por uma.

Desapegue-se de cada situação ou atributo que não mais lhe serve.

Invoque a Chama Violeta.

Declare a questão a ser liberada e então repita a afirmação:

“Eu a libero do passado, presente e futuro.”

Crie e envie uma onda violeta, um Tsunami Violeta de energia incrível, para limpar e remover a questão que você escolheu liberar, em todos os aspectos da sua multidimensionalidade no momento do AGORA, de todas as suas jornadas passadas, presentes e futuras.

Repita este procedimento para cada questão ou situação a ser liberada.

Ao terminar, afirme:

“Na Mente Divina, na Consciência Cristalina Divina, Eu sou o Criador de tudo o que experiencio e Tudo o que Eu Sou.

Eu Sou O Que Eu Sou no Bem Maior!

E assim é!”

Comece uma respiração rápida, inspirando e expirando pela boca o mais rápido que conseguir, durante 15 segundos.

Agora visualize a estrela tetraédrica parando completamente. Então a preencha, de cima para baixo, com luz cristalina adamantina.

Invoque o Raio Platina e gire a Estrela Tetraédrica no sentido anti-horário.

Volte à respiração do infinito, inspirando em 8 tempos e expirando em 8 tempos, com nenhum pensamento que não seja a frequência do Amor Incondicional Impecável e Cristalino. Faça isto por aproximadamente 8 minutos.

Visualize, um por um, os novos atributos e acontecimentos que você deseja criar na sua vida.

E gire a Estrela Tetraédrica no sentido antihorário enquanto cria cada um dos atributos e cenários que você está manifestando na sua consciência e experiência.

Ao terminar a manifestação, libere uma Onda Platina-Cristalina, contendo a energia das suas criações. É uma Onda-Tsunami Platina-Cristalina que penetra todas as dimensões do seu Ser, com os códigos energéticos do que está manifestado no AGORA e transforma o Passado, Presente e Futuro em Harmonia Una com o seu NOVO Ser manifestado.

Visualize a Estrela Tetraédrica e você sentado dentro dela, em posição de meditação, no plano central.

Preencha o interior da Estrela Tetraédrica, de cima para baixo, com Luz Diamante Líquida Cristalina. Comece a girá-la cada vez mais rápido, até que ela alcance a velocidade da Luz Cristalina.

Faça 33 respirações rápidas, inspirando e expirando pela boca.

Volte à respiração do infinito em 8 tempos, por 2 a 3 minutos.

Termine com a afirmação:

“Na Mente Divina, na Consciência Cristalina Divina, Eu sou o Criador de tudo o que experiencio e Tudo o que Eu Sou.

Eu Sou O Que Eu Sou no Bem Maior, em Pensamento Cristalino!

E assim é!”

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br 

Os direitos autorais desta canalização pertencem a
www.Earth-Keeper.com. A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net.
Fonte:
http://spiritlibrary.com/earth-keeper/earth-keeper-chronicles/the-alchemy-of-2010
© 2009 James Tyberonn/ 
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
 

O advento da Idade do Aquário: Uma Rara Concentração astrologica  Jude Currivan, Ph.D.

As mais profundas tradições espirituais dos tempos antigos viam o mundo manifesto, em todas as escalas de existência como sendo gerado e permeado por uma trindade cósmica dos princípios ativo, passivo e neutro - a essência divina do masculino, feminino e infantil.


Os sábios da Índia antiga que seguiam os Vedas, viam que a energia como: o homem / energia ativa da vida – força- , que chamaram de pingala; sexo feminino / energia passiva, que chamaram de ida que se movia através dos nossos chakras; criança / energia neutra que chamaram de shushumna, como canal até eles . (ver texto no final do artigo)


Quando estas energias divinas masculina e feminina são equilibradas e, portanto, plenamente capazes de fazer "nascer" o divino, a energia da criança dentro de nós, os antigos sábios viam a energia da Kundalini mover-se para cima, que de outra reside adormecida na base da coluna, nos permitindo incorporar plenamente a nossa natureza divina.
O objetivo do sagrado matrimônio entre o divino feminino e masculino que os povos antigos, tais como os de Malta, promulgada em seus templos, não só para trazer harmonia cósmica e fertilidade de suas terras, mas dentro de si mesmos. Para tal equilíbrio energético é necessário permitir a ativação ou "nascimento" do filho divino dentro de nós e a realização da iluminação.
Quando essa trindade cósmica da consciência se harmonizar plenamente, de forma totalmente expressa dentro de nós, nos tornamos verdadeiramente "curados" e "integros", e personificados pelo símbolo universal da caduceus como uma representação de cura desde os tempos mais remotos.

Por milénios, só o maior conhecedor dos adeptos podia ter atingido essa plenitude. Mas os anciãos e místicos em todo o mundo estão dizendo que agora é a hora, evoluímos para um ponto em que todos nós somos capazes de despertar a nossa divindade interior.
Este é o nosso destino espiritual no alvorecer da Idade do Aquário.


Em meados de Fevereiro, nós oferecemos apoio cósmico a este reconectar ao que nós realmente somos, por uma rara concentração astrológica que reúne um certo número de planetas em conjunto com o Nódulo Norte - denotando maior objetividade - em Aquário. E que energiza e inspira a possibilidade de avanço transcendental e de cura.
Nós medimos nosso sentimento global de ambos os espaços (longitude) e temporal (tempo universal - UT ou GMT), a partir do meridiano situado em Greenwich, Inglaterra. Podemos perceber a influência colectiva deste momento no evento astrológico olhando para o alinhamento "centrado" na perspectiva deste acontecimento mundial. Quando nós o fazemos, algo de extraordinário e requintado emerge.•Ao amanhecer em 14 de Fevereiro, o dia dedicado a S. Valentim, o santo padroeiro do Amor, a Lua em Libra entra na sétima casa de relacionamentos. E Júpiter e Marte estão alinhados em Aquário na décima segunda casa de transformação espiritual.•Quarenta anos atrás, as intuitivas palavras de uma canção chamada Aquarius, trouxe o advento da nova era na nossa consciência colectiva:

Quando a Lua estiver na sétima casa

Alinhada com Marte e Júpiter.

Então, a paz vai guiar os planetas

E o amor irá orientar as estrelas.•


Ao amanhecer de 14 fev. O Cosmos Encarna encarna efectivamente o perfeito alinhamento para manifestar, com o nosso apoio colectivo, a manifestação do amor e da paz e do alvorecer da Idade do Aquário.
O gráfico Aquariano de 14 fevereiro revela uma incrível concentração de influências cósmicas das energias de Aquário na décima segunda casa. O expansivo Júpiter e o Marte energético estarão alinhados com o propósito maior do Nódulo Norte. A presença de Quiron, o curandeiro ferido, nos oferece a oportunidade de curar aquilo que estava dividido e que nos manteve separado durante tanto tempo. Neptuno enfatiza movimentos coletivos e humanitários de co-criação de justiça social. E a presença de un Sol radiante ilumina todo o alinhamento.
Mercúrio também na décima segunda casa, mas apenas para além da cúspide em Capricórnio, aliados com Plutão transformacional para comunicar e ancorar a mudança global ao longo das nossas estruturas e instituições.

A Lua em Libra no sétima casa enfatiza harmoniosa real-ationships (relacionamentos reais).
Vênus em Áries na primeira casa energiza e dá dinâmica de co-criatividade.

E, embora Saturno, o grande mestre da tarefa, em oposição a Úrano, o inesperado que desperta, está sugerindo um confronto em curso com os resíduos do insustentável velho paradigma, relutantemente, dá lugar à esperança de testar o novo, as suas colocações em Virgem e Peixes trazem altruísmo prático e visionário, inspiração para a transição.
Alinhamento visto do horizonte
Às 7:25 de 14 fevereiro - e para os 18 minutos do alinhamento, convido-vos, no coração universal, para adicionarem a sua própria intenção de amor e paz e para co-criarem o advento da Idade do Aquário ao do Cosmos. De qualquer forma considere adequado para você, você pode optar por alinhar às 7.25am (UT) ou às 7h25 do seu próprio horário local, com energização de uma onda de intenção que irá vagar à volta da Terra.
Após ter procurado mais de mil anos, não posso encontrar nenhum outro alinhamento no passado deste incrível significado. Mas, surpreendentemente, em um momento no tempo quase cinquenta anos atrás, vozes coletivas de nossos antepassados parecem ter percebido essa voz da energia cósmica das sementes na próxima Idade humana e do nascimento da Era de Aquário. Em 1962, ao mesmo tempo e no mesmo dia, como em 2009, Júpiter e Marte estavam em Aquário na décima segunda casa, e a Lua na sétima casa. Mas então a incrível concentração de planetas que deveriam energizar o alinhamento, como em 2009, estava faltando.

E em vez do Nódulo do Norte (maior efeito) estar alinhado com Júpiter e Marte, como o é em 2009, estava na oposição.
O que isto significa é que já em 1962 era o chamado silencioso do nódulo sul para o norte, que agora alinha com Júpiter e Marte.
O nódulo sul representa aquilo que trazemos a partir do passado. Então, em 1962, o potencial para nós era o nascimento da Idade do Aquário que veio através da nossa memória colectiva, mas só agora somos capazes de manifestar plenamente sua finalidade maior. Em 1962 realizou-se essencialmente uma acção coletiva de "inspirar", de começar a criar a possibilidade, e agora com o apoio do alinhamento cósmico Aquariano de 14 fevereiro 2009, somos capazes de "expirar", de fazer com que isso aconteça.

******************************************

 
 
 
Energia misteriosa faz dez anos sem ganhar explicação
 
Força que faz Universo crescer de forma acelerada desafia físicos teóricos, e astrônomos ainda esperam "ajuda do céu".
Entidade física de natureza desconhecida - batizada de energia escura-, vai contra a gravidade, afastando as galáxias umas das outras.


Uma das maiores descobertas da história da astronomia está completando uma década neste ano, mas cientistas não têm muita motivação para comprar um bolo e tornar a data uma comemoração. Em 1998, dois grupos de pesquisa independentes descobriram que o Universo está se expandido de maneira acelerada -algo que ninguém esperava. Passados dez anos, a força que move esse fenômeno já tem um nome -energia escura-, mas ninguém ainda sabe o que ela é.

"Não estamos mesmo muito mais perto da resposta do que estávamos antes", disse à Folha Robert Kirshner, astrônomo da Universidade Harvard, de Cambridge (EUA). "Mas estamos bem convencidos hoje de que essa coisa existe, e esse sinal não se foi nos últimos anos. Na verdade se tornou melhor, mais evidente."
Kirshner foi um dos astrônomos com papel crucial na descoberta de 1998. Ele inventou uma maneira de analisar a luz de supernovas (explosões de estrelas) em galáxias que se afastam da Terra a alta velocidade para estimar quão distantes elas estão. Sob liderança de Adam Riess, ex-aluno de Kirshner, astrônomos usaram essa técnica para fazer um grande mapeamento do Universo, mostrando que as galáxias mais distantes estão se afastando cada vez mais rápido.

Os astrônomos demoraram para acreditar no que estavam vendo. Já se sabia desde 1929 que o Universo estava em um movimento de expansão, que tinha iniciado com o impulso do Big Bang, a explosão que o originou. Todos achavam, porém, que a força da gravidade de toda a massa que existe no cosmo acabaria freando esse impulso alguma hora.
"No final de 1997, quando estavam saindo as primeiras análises de Adam Riess, ele me disse "Cuidado aí! Parece que nós estamos obtendo massa negativa". Eu respondi então: "Você deve estar fazendo algo errado. Tem certeza de que não esqueceu de dividir por pi?"."
Mas não era um erro na fórmula. Os astrônomos ficaram tão chocados quanto Isaac Newton ficaria ao ver uma maçã caindo para cima. Não é possível perceber a energia escura em pequena escala -maçãs costumam cair para baixo aqui na Terra-, mas na escala cosmológica essa força está agindo contra a gravidade, afastando as galáxias umas das outras.

Problema constante
Sem dados experimentais que possam sugerir o que é a energia escura, cientistas voltaram então para a teoria. Algo que poderia explicar a energia escura era um conceito antigo criado por Albert Einstein. Sua teoria da relatividade geral indicava que a gravidade deveria fazer o Universo encolher, mas o grande físico acreditava num cosmo imóvel, parado. Sua solução foi postular uma força repelente para fechar as contas.
A essa nova força -uma tentativa de resolver o problema "na marra"- o físico deu o nome de "constante cosmológica". O que a idéia implicava era um tanto absurdo: o vácuo, ou seja, o nada, conteria energia.

Aparentemente, na década de 1930, Einstein acabou sucumbindo às provas de que o Universo estava mesmo em expansão e se afastou do debate. Após a descoberta da expansão acelerada em 1998, porém, físicos ressuscitaram sua idéia: a energia escura talvez seja a constante cosmológica.
A essas alturas, a energia do vácuo já não era uma idéia tão absurda, e tinha sido até mesmo postulada na forma de "partículas virtuais" pelos físicos quânticos. Com base nisso, então, teóricos calcularam qual seria o valor da constante cosmológica se ela fosse mesmo o impulso do "vazio quântico". Só que a conta não fechou.
"A energia escura é ridiculamente pequena, e a energia do vácuo teórica é ridiculamente grande", explica Raul Abramo, físico da USP (Universidade de São Paulo). "Seria como casar uma ameba com uma baleia."

Outros teóricos postulam que a energia escura seja uma outra força da natureza, uma espécie de "antigravidade". Para isso, porém, precisaria haver evidência de que ela varia no espaço e no tempo. Em outras palavras, seria preciso essa energia não ser "constante". Mas até onde a precisão dos telescópios permite ver, ela é.
Para sair da enrascada, físicos esperam agora a chegada de dados de supertelescópios, mas nada garante que imagens mais precisas tragam novas idéias.

Por RAFAEL GARCIA
Fonte:
Jornal Folha de S. Paulo

 

 

Para maiores informações visite a seção de Artigos ou consulte-nos através do fone (11) 2737 4327 e
11- 984 29 7035  ou do menu
Contato.

Voltar ao topo

Voltar a página Inicial Copyrigth© 2009. Desenvolvido por <Pluriweb>